Cores, deficiência na maquiagem...





Antes de dissolver o assunto, quero deixar
claro que não é uma crítica nociva, sim uma sinalização sobre como colorimetria e principalmente coloração pessoal são superficiais no seguimento de maquiagem.


Existem três elementos fundamentais no processo criativo da maquiagem :


- Técnica/forma
- Cor
- Estilo Pessoal

No entanto, Estilo Pessoal e Cor são normalmente descartados, o estilo ainda aparece quando a cliente expõe seu gosto pessoal, mas cores quando usadas, são de forma restritiva.

Existe uma deficiência nos treinamentos, resumem-se a quente/frio, neutralização e construção de tons de pele, a questão é que cores são um universo que não dá pra ser resumido em seguimentos criativos.





Ótimo que se estude o básico sobre teoria das cores, mas e o impacto dessas cores na estética pessoal!?

E as paletas com 252 cores, o círculo cromatico, quando são usados!?

Fiz um curso de maquiagem na escola de maquiagem russa MuaClub interessada em técnicas, sou fã de técnicas russas, mas para minha surpresa todas as maquiagens do curso foram criadas com conceitos da Coloração Pessoal...



Icon Face



É claro que tanto profissionais quanto clientes podem usar suas cores preferidas, eu acredito verdadeiramente em liberdade, mas se um assunto é um elemento importante de um seguimento profissional, ele deve ser estudado e explorado.

É mais ou menos como dirigir, uma pessoa que sabe dirigir um carro social/esporte, não pode digirir um caminhão sem passar por um treinamento de qualificação...


Cor é um dos signos da maquiagem, não tem como contestar essa realidade.



Informações sobre treinamentos : contato@laylah.com.br



Comentários