Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

日本食 - Pratos Japoneses - Nomes e fotos

Imagem
Os sabores,cores e aromas da culinária japonesa já fazem parte do mundo ocidental,no Brasil já é considerável o numero de restaurantes especializados em comida japonesa,mas na hora de pedir o prato ainda existe um pouco de confusão,pensando nisso montei um cardápio com fotos de alguns pratos e suas características.

Vamos lá!





Nigiri: Pequenos bocados de arroz recobertos com fatias de peixes ou frutos do mar crus, sendo os mais comuns os de atum, camarão, enguia, lula, polvo, salmão e ovo frito




Gunkan: Arroz enrolado por algas marinhas e recheado com peixe cru, frutos do mar, ovas de peixes ou legumes





Norimaki: É um sushi às avessas. Neste tipo, o arroz recobre as algas, que, por sua vez, são recheadas com vários tipos de peixes, legumes e até frutas. No Brasil, a manga é utilizada na confecção deste tipo de sushi





Sashimi: Fatias de peixe cru degustadas com shoyu (molho de soja) e wasabi (raiz forte). Os japoneses comem alguns diferentes tipos de peixes crus. É óbvio que o peixe tem de estar…

Thrift Shop - Brechós

Imagem
Surgidos no século XIX inicialmente como um empreendimento social ligados a instituições de caridade,depois uma loja de roupas e objetos usados como alternativa para pessoas que queriam estar na moda mas não possuíam poder aquisitivo para frequentar lojas de grife.

Nos EUA são conhecidos como thrift shops,lojas de caridade ou loja de revenda.Acredita-se que o nome brechó deriva de Belchior um comerciante do Rio de Janeiro que vendia mercadorias de segunda mão.



A primeira loja especializada  no Brasil foi criada pela cantora Maysa na década de 70 que trouxe a ideia da Europa,chamava-se  Malé Lixo e ficava localizada no bairro de Copacabana o Rio de Janeiro

Hoje os brechós invadiram o mundo da moda e são ambientes democráticos frequentados por pessoas comuns,fashionistas e até celebridades,são multifacetados e vão desde o tradicional brechó,passando pelo chic,infantil e até o brechó virtual.






Verdadeiras relíquias podem ser encontradas ao  garimpar  um brechó,,alguns brechós disponibilizam …

Colágeno- O que é? Como usar ?

Imagem
O colágeno é um grupo de proteínas naturais compostas por aminoácidos que compõe 30% das proteínas no organismo distribuídas nos ossos tendões e ligamentos.
É responsável por manter as células dos tecidos fortes e unidas,espalhar células de defesa pelo corpo,pela saúde e beleza de cabelo,pele e unha,é antioxidante.
A partir dos 30 anos  a produção de colágeno é diminuída e consequentemente seus benefícios também,e como é difícil repor colágeno com alimentação algumas empresas cosméticas ,de suplementos alimentares e de produtos naturais veem oferecendo inúmeros recursos de reposição de colágeno;são capsulas,barra de cereais,pó,cremes e Shakes.
A avaliação de um profissional da área de nutrição é ideal antes da suplementação de colágeno.





Balas de Colágeno com vários sabores - Mundo Verde


Colágeno Hidrolisado Nutrice Skin Lift - Mundo Verde







Colágeno hidrolisado em pó Sanavita - Mundo Verde R$64,00



Barra de Cereais com Colágeno - R$4,50


Beauty Candy Balas de Colágeno 80 balas preço médio R$25

Cáp…

Rihanna - Pour It Up New 2013

Imagem

Decoração Hippie

Imagem
Os hippies eram grupos de jovens norte americanos surgidos da década de 60 com estilo de vida nômade e com inclinações espirituais  influenciadas  pelo budismo,o hinduísmo e antigas tradições nativas,tinham como lema a máxima Paz e Amor e defendiam o amor livre e a não violência.



Tinham características marcantes;cabelos longos,roupas coloridas e com estampas étnicas e símbolos religiosos,a maioria sustenta-se com artesanatos,viviam em áreas rurais com estilo de vida comunitária e em comunhão com a natureza.





O  life style hippie serve como inspiração ainda nos dias de hoje para  moda e decoração.
Veja algumas dicas de decoração hippie:















Laylah El Ishtar

60's- A volta dos Anos Rebeldes na moda

Imagem
A década de 60 representou, no início  a realização de projetos culturais e ideológicos alternativos lançados na década de 50. Os anos 50 foram marcados por uma crise no moralismo rígido da sociedade, expressão remanescente do Sonho Americano que não conseguia mais empolgar a juventude Americana. A segunda metade dos anos 50 já prenunciava os anos 60: a literatura beat de Jack Kerouac, o rock de garagem à margem dos grandes astros do rock (e que resultaria na surf music) e os movimentos de cinema e de teatro de vanguarda, inclusive no Brasil. 

A década de 1960 pode ser dividida em duas etapas. A primeira, de 1960 a 1965, marcada por um sabor de inocência e até de lirismo nas manifestações sócio-culturais, e no âmbito da política é evidente o idealismo e o entusiasmo no espírito de luta do povo. A segunda, de 1966 a 1968 (porque 1969 já apresenta o estado de espírito que definiria os anos 70), em um tom mais ácido, revela as experiências com drogas, a perda da inocência, a revolução sex…